Áudios



Nos meus olhos

Olha nos meus olhos!

Olha o que fizeste.

Nestes olhos que plantaste tanta esperança,
nestes olhos que te olhavam como criança,
nestes olhos que te amavam...

Olha o que fizeste.

No fundo dos meus olhos
brilha a luz de uma esperança
que não morreu.

Mas se cada amor é um porto
és uma nau
e minha vida é contar os dias
desde que partiste,
sumindo no mar aberto
debaixo de um céu azul.

E os meus olhos
continuam a mirar o horizonte
na esperança de que não tenhas
perdido o norte.
Enviado por Carmem L Marcos em 09/02/2012




Comentários