Áudios

Não me submeto
Data: 06/02/2012
Créditos:
Autoria: Maria Eugênia
Voz: Maria Eugênia
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar: autoria de Maria Eugênia - www.mariaeugenia.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Não me submeto
Não me submeto...

A viver em pequenos universos privados,
que alimentam carências
e impedem que eu descubra
que a maior força e o maior beneficio
está em minhas proprias potencialidades,
em minhas virtudes e qualidades.

O individualismo
cega até o mais inteligente dos mortais
e eu...
não aceito restrições!

Não viverei tateando com dedos frágeis
minhas próprias ilusões.

Ganharei a amplidão do espaço
onde a cada tropeço,
como uma fênix me refaço.

O cárcere da mente
é mesmo a pior das prisões.

E que me venha Kali!

Se preciso cortarei
com sua espada muitas cabeças,
em nome de uma existência verdadeira.

Eu não faço arte para o meu ego,
eu olho nos olhos do mundo.

Não mergulho nos submundos escuros
e meus ouvidos não captam
murmúrios desvalidos
que moram em corações vencidos.

Que os meus braços sejam grandes o suficiente
pra abraçar o mundo inteiro
e os meus seios,
saciem a fome de milhares de desejos.

Nenhuma mulher deveria
se constranger por suas qualidades,
ou pelo poder que o seu sexo tem...

Nem deveria aceitar restolhos,
migalhas de bem querer de ninguém.

Prefiro sair e andar nua pelo mundo
a vestir-me com trapos imundos
adquiridos sob o peso do desdém.

Os falsos moralistas nunca
são bons o bastante,
só servem para ostentar conceitos
expostos como troféus numa estante
e eu, não compactuo com a mentira...
Que só convence quem a dita.

Ninguém pode viver em flashs
aquilo que está condicionado
a um sentimento intenso.

Eu não me submeto!

À antropofagia mental e sentimental
que certos civilizados praticam.

Prefiro comer com os índios,
prefiro comer como os índios,
a viver a hipocrisia civilizada dos brancos.
Enviado por Carmem L Marcos em 09/09/2006

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar: autoria de Maria Eugênia - www.mariaeugenia.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários